in

Desesperado e com a filha faminta, ele vendia canetas até que um estranho tirou uma foto de sua filha e descobriu isto

Um homem que trabalhava em uma fábrica de doces no cargo de gerente, ganhava o suficiente para conseguir se manter e cobrir todas as despesas de sua única pequena filha, inclusive às vezes ele costumava presentear a pequena com alguns luxos. Pois, ele só uma filha, e não contava com a ajuda de mais ninguém.

Eles viveram por algum tempo muito bem no Líbano, mas, infelizmente, devido à uma terrível guerra, eles tiveram que fugir para Yarmouk e deixar toda sua vida tranquila para trás; Sem nenhum dinheiro em pose, o homem teve que começar a vender canetas para conseguir alimentar sua filha.

Do cargo de gerente, onde conseguia ter uma vida estável, passou a vender canetas nas ruas com sua pequena filha em seus braços. Além disso, eles não tinham uma casa para poder se abrigar, nem mesmo uma cama para dormir, tampouco comida.

Em uma ocasião em que o pai estava vendendo as canetas nas ruas vendendo, um ativista da Noruega, Gissur Simonarson, viu a cena e o comoveu, pois o vendedor apresentava estar aflito com sua filha no ombros. Gissur não hesitou em registrar o momento em uma foto e a compartilhou em suas redes sociais, afim de convidar as pessoas a compartilha e torná-lo viral.

Felizmente, a intenção de Gissur teve um bom resultado, eles propuseram fazer uma campanha online para arrecadar doações. A ação generosa das pessoas que resolveram ajudar, arredou cerca 100 mil dólares, que foi entregue ao vendedor. Com o dinheiro arrecadado, o homem resolveu investir em vários restaurantes onde trabalham apenas pessoas refugiadas e fornecem doações arrecadadas para as pessoas sem condição.

Fonte: Virgulistas

Written by Jane

BBB21: Parcial atualizada agora, veja quem será o eliminado desta terça-feira (20)

Catador de recicláveis que estudava com livros doados é aprovado em 2º lugar no curso de medicina